Fibromialgia-o que é, como combater?

A Fibromialgia nada mais é do que uma síndrome em que a pessoa que dela sofre sente dores por todo o corpo. As dores de quem sofre com a Fibromialgia duram longos períodos, e geram sensibilidade nos músculos e nas articulações.

Fibromialgia-o que é, como combater?

Fibromialgia, diagnóstico e tratamento

 

Pessoas que sofrem com a Fibromialgia sentem constantemente dor nas costelas, fadiga, insônia, depressão e até apresentam alguns problemas de memória.

Matéria Exclusiva: Anvisa Libera Nova Fórmula que Acaba com as Dores Crônicas.

Muitos famosos nacionais e internacionais também sofrem com a doença. Um caso que ficou famoso recentemente é o da cantora Lady Gaga.

 

A posptar internacional chegou a cancelar 10 shows por conta de uma crise de dores no corpo causadas pela Fibromialgia. Gaga expôs a sua luta contra a síndrome em seu documentário para a Netflix “Gaga: Five Foot two”

Mas se você ainda sabe pouco sobre essa síndrome, leia o artigo a seguir a saiba tudo sobre essa doença que afeta cerca de 3% da população brasileira.

 

O que é a Fibromialgia?

 

A Fibromialgia nada mais é do que uma síndrome em que a pessoa que dela sofre sente dores por todo o corpo. As dores de quem sofre com a Fibromialgia duram longos períodos, e geram sensibilidade nos músculos e nas articulações.

 

Alguns profissionais de saúde especializados na doença acreditam que um desequilíbrio na forma como o cérebro processa os sinais de dores no corpo é o que gera a Fibromialgia.

Principais Causas da Fibromialgia

Ansiedade e Depressão

É comum que pessoas portadoras da Fibromialgia sofram com ansiedade e depressão. Porém, é possível que a ansiedade e a depressão tenham surgido como consequências das dores e da fadiga causadas pela Fibromialgia.

Traumas e Estresse excessivo

 

O trauma do fim de um relacionamento amoroso, perdas familiares, conflitos profissionais, conflitos familiares, traumas adquiridos na infância são alguns exemplos de fatores que podem causar a Fibromialgia no paciente.

 

Maior sensibilidade no corpo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, testou e aprovou a comercialização no Brasil de uma nova fórmula que devolve a qualidade de vida para pessoas que sofrem com doenças como artrite, artrose, osteoporose e fibromialgia. conheça aqui

Pessoas que sofrem com a Fibromialgia apresentam uma alteração neuroquímica no sistema nervoso central. Essa alteração no sistema nervoso aumenta a percepção de dores no corpo pelo paciente.

 

Afinal, com o sistema nervoso alterado, essas pessoas possuem menos mecanismos para inibir a sensação de dor. A partir da alteração, mais moléculas do corpo também ficam empenhadas em aumentar essa sensação de dor no corpo.

 

Agentes Infecciosos

 

A Fibromialgia pode surgir no paciente após um vírus ou uma infecção bacteriana. Além disso, pacientes com fibromialgia ficam com os seus corpos mais sensíveis ao frio, à umidade, às oscilações hormonais e ao excesso de esforço.

Menor quantidade de fibras nervosas

Pacientes portadores da síndrome da Fibromialgia tem menor densidade de fibras nervosas na epiderme. Essa condição de menor densidade ajuda a explicar por que pessoas com Fibromialgia sofrem com tantas dores no corpo.

No caso de quem sofre com Fibromialgia, essas dores podem surgir com o mínimo esforço ou por um leve toque na pele.

Sinais e Sintomas da Fibromialgia

Os principais sinais e sintomas da Fibromialgia são:

  • Dores generalizadas pelo corpo (no caso da Fibromialgia, as dores no corpo podem durar até três meses);
  • Fadiga (pacientes com fibromialgia se sentem cansados, mesmo depois de muitas horas de sono);
  • Dificuldades Cognitivas (inclui-se dificuldades de concentração e, principalmente, de participar de atividades que envolvem muito esforço da mente);
  • Dor abdominal sem causa aparente (Síndrome do Intestino Irritável);
  • Problemas de memória, inclusive de lembrar de acontecimentos muito recentes;
  • Formigamento e dormência frequentes nos pés e nas mãos;
  • Fraqueza no corpo ao fazer exercícios físicos, por mais que simples;
  • Dores de cabeça constantes;
  • Palpitações.

Como Diagnosticar a Fibromialgia

O diagnóstico da Fibromialgia deve ser feito por uma clínica especializada. Esse diagnóstico é feito com uma análise dos sintomas e de um exame físico. Não existem testes de laboratório que consigam dar um diagnóstico preciso da Fibromialgia.

Apesar disso, o médico pode solicitar um exame de sangue para que outras doenças com sintomas semelhantes aos da Fibromialgia sejam descartadas. Assim, após descartar as possibilidades de outras doenças, pode-se trabalhar a hipótese da Fibromialgia.

O diagnóstico da Fibromialgia costuma ser difícil por que os sintomas são bastante variados e, em boa parte das vezes, o próprio paciente tem dificuldade de relatar ao seu médico o que está sentindo.

Por isso, é importante saber identificar se as dores que o paciente está sentindo tem foco em uma parte específica do corpo ou não. Se a segunda opção for o caso, o diagnóstico da Fibromialgia se torna mais fácil

O tratamento da Fibromialgia é iniciado com medicamentos como analgésicos e antidepressivos para amenizar as dores. Dependendo do caso do paciente, massagens, acupuntura e pilates também podem fazer parte do tratamento para combater a Fibromialgia.

Outro dia vi um poster no instagram que me chamou á atenção, então resolvi recriar aqui para meu blog;

fibromialgia a dor que vem da alma

__segundo aos psicoterapeutas essa doença está associada a depressão e a tristeza como já foi falado aqui nesse artigo

não basta só  medicar ,uma terapia é indispensável, então caso você conviva ou conheça alguém que tenha fibromialgia seja amigo(a) e compreensivo e aconselhe, se puder convença a fazer uma terapia.

Gostou desse artigo? então compartilhe;

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.