Fique por dentro!

Tambores de Angola

além das mensagens de bondade e de informações do plano espiritual características de diversos livros espíritas, Tambores de Angola conta e muito bem como funcionam e as diferenças da Umbanda, dos terreiros e etc. Os banhos, as ervas, as defumações e os rituais tem seu lugar e sua importância

Spoiler

Carlos comentou↓

O sentido da religião é religar o individuo a Deus,pois as vezes perdemos o endereço de Deus,e criamos uma series de dificuldades para manifestar a nossa fé.O livro Tambores de Angola o primeiro do Robson Pinheiro que tive a oportunidade ler,traz a essência da umbanda,a dedicação dos guias espirituais,que não perderam o endereço de Deus e não ficam preso aos rótulos religiosos mas sim ao trabalho que tem que ser realizado.A obra ainda reforça a doutrina espirita em seus conceitos básicos como a caridade e o intercambio espiritual.é uma obra que espiritualiza o leitor,pois leva a reflexão dos nossos atos e consequências.
Para quem gosta de espiritualidade é uma boa indicação

Cicera falou:↓
Umbanda: religião adorada por uns e discriminada por outros.
Antes desse livro inúmeras perguntas fervilhavam na mente:”Como é possível uma religião com diversos deuses tão ativa neste país?” “Pq tantos rituais?” “E os exus… Qual a verdeira função?” Existe baixo espiritismo? Umbanda é espiritismo?”

Danielle comentou↓
Tambores é um bálsamo para tantas dúvidas,um divisor de águas- que permite deixemos as velhas ideias e preconceitos de lado. Orientando a uma reflexão sobre a importância de tantas outras religiões no mundo e o papel que todas têm em comum: a educação moral.

Karina⌈⌉quero ler! preciso perder estes pré/conceitos bobos que vamos adquirindo por ignorância do nosso ser… GRATIDÃO

Umbanda para Aruanda
A primeira obra espírita a mostrar a orígem histórica e a diferença básica entre umbanda e espiritisimo, com profundo respeito.

Acompanhamos Erasmino, que está sendo alvo de atividades obsessoras devido a ações do seu passado. O livro conta com simplicidade e riquesa um visita a um “Q.G das sombras”, um prédio muito desenvolvido tecnologicamente voltado para auxiliar vinganças baseados no ódio e no desprezo. Vemos como trabalham gênios e cientistas voltada às sombras, pensando serem possuidores de poderes maiores que de fato são.
Acompanhamos um ataque a essa instalação, com diversos recursos magnéticos e uma operação complexa e bem executada, com a ajuda de muitos caboclos e pretos velhos. Esses guardiões, tidos como exus, são apresentados como a policia do mundo espiritual.

A história da Umbanda se torna clara, seu objetivo é e sempre foi o bem maior, a caridade, o amor e o auxílio. Na época em que os escravos muito sofriam e voltavam suas energia à vingança por meio de seus contatos com os espíritos, nos planos etéreos da vida, reuniram-se então entidades de alta hierarquia com o objetivo de encontrar uma solução para desfazer a egrégora negativa que se formava na psico esfera do Brasil. Havia necessidade de combater a magia negra, e assim foram se apresentando aquelas entidades iluminadas (caboclos, pretos velhos etc) que levaria a mensagem de caridade através da Umbanda. A Umbanda seria o elo com o Alto.

As lições de humildade para lidar com o preconceito ainda vigente em muitas casas espíritas é forte e condizente com o próprio Kardec, que dizia ser importante conhecer profundamente uma coisa, aprofundar, compartilhar  informações para poder saber dos prós e contras.

Um livro rico e esclarecedor, além das mensagens de bondade e de informações do plano espiritual características de diversos livros espíritas, Tambores de Angola conta e muito bem como funcionam e as diferenças da Umbanda, dos terreiros e etc. Os banhos, as ervas, as defumações e os rituais tem seu lugar e sua importância, pois a Providência se faz de infinitas formas, e nos cabe conhecer antes de julgá-las.

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

16 − 15 =

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.