Zumbido no ouvido – Tem cura? Como tratar

Esse é o caso mais comum de Zumbido no Ouvido. Esse é um ruído que apenas o paciente consegue ouvir. Geralmente, ele surge de problemas no ouvido externo, médio ou interno, ou de algum desequilíbrio nos nervos responsáveis pela audição.

Zumbido no ouvido – Tem cura? Como tratar

 

O chamado Zumbido no ouvido se caracteriza como um ruído que causa um incômodo que geralmente não vem de nenhum som externo e que é percebido pelo ouvido.

incomodo no ouvido

zumbido, barulhos inexplicáveis

Na maioria dos casos, esse zumbido no ouvido, que também é conhecido como acúfeno ou tinnitus, não representa o sintoma de nenhuma doença grave. Porém, de qualquer forma, é um sintoma que exige o acompanhamento de um médico.

 

A American Tinnitus Association (Associação Americana de Tinnitus) divulgou, no ano passado, que, pelo menos 20% da população mundial já sofreu com esse problema em algum momento da vida. Caso seja considerada a população com idade igual ou superior a 60 anos, esse índice sobe para 25%.

 

Ainda que o zumbido não represente uma doença grave, você jamais deve ignorar uma opinião profissional ao começar a sentir o Zumbido no Ouvido. Saiba mais sobre esse problema a seguir.

 

Como funciona o nosso ouvido?

 

O nosso ouvido é composto de três partes principais: o ouvido externo, o ouvido médio e o ouvido interno.

 

Ouvido Externo: Constitui-se pelo pavilhão auricular. É a estrutura que nós chamamos de Orelha. É onde os sons do ambiente são captados e enviados para o ouvido médio.

 

Ouvido Médio: Formado por três ossos muito pequenos chamados de Ossículos. A bigorna, o martelo e o estribo. É onde um som é identificado e enviado para o cérebro.

 

Ouvido Interno: Trata-se de uma cavidade que tem forma de caracol e é chamada de Cóclea. Na Cóclea, as células vibram ao receberem uma vibração sonora, que é finalmente enviada ao cérebro.

 

O caminho que o som percorre do ouvido externo até o nosso cérebro é chamado de Via Auditiva. Durante esse caminho, a via auditiva recebe vários estímulos que aproximam o som do seu destino. O Zumbido no Ouvido acontece quando a via recebe esses estímulos, mesmo quando não há nenhum som no ambiente

 

Tipos de Zumbidos no Ouvido

 

  1. Tinnitus Subjetiva

 

Esse é o caso mais comum de Zumbido no Ouvido. Esse é um ruído que apenas o paciente consegue ouvir. Geralmente, ele surge de problemas no ouvido externo, médio ou interno, ou de algum desequilíbrio nos nervos responsáveis pela audição.

 

  1. Tinnitus Objetiva

 

Esse é um caso mais raro de Zumbido no Ouvido. Na Tinnitus Objetiva, o zumbido não é ouvido apenas pelo paciente. O ruído também pode ser ouvido pelo médico que se dispor a fazer o exame.

 

Esse tipo de zumbido geralmente acontece por conta de algumas disfunções nos vasos sanguíneos ou por contrações musculares.

 

Principais Causas do Zumbido no Ouvido

 

  1. Exposição excessiva ao barulho

 

Principalmente nos centros urbanos, onde a poluição sonora é maior, os ouvidos estão expostos a um barulho nada saudável.

 

  1. Cera Acumulada

 

exposição excessiva ao barulho

zumbido no ouvido tem cura

 

  1. Inflamação no Ouvido

 

Uma inflamação no ouvido pode dar rigidez aos ossículos, impedindo o ouvido médio de perceber a entrada de algum som.

 

  1. Infecção no Ouvido

 

O ouvido infeccionado se torna incapaz de identificar os sons externos com nitidez, o que pode causar o zumbido.

 

  1. Lesões no Ouvido

 

As estruturas internas do ouvido, quando lesionadas pelo uso de algum produto químico na região, por uma forte exposição ao calor ou até por algum objeto inserido no ouvido, podem causar o zumbido.

 

Outras causas possíveis podem ser dores musculares, problemas cardíacos e até problemas odontológicos.

O Zumbido no Ouvido tem cura? Como é feito o tratamento?

 

É claro que o tratamento para reduzir ou eliminar de vez o zumbido no ouvido vai depender muito da causa do problema. No caso de perda auditiva, o médico tende a recomendar o uso de aparelhos auditivos.

 

Em alguns casos, podem ser receitados medicamentos específicos para tratar o problema. Em outros casos, o zumbido no ouvido pode ser uma consequência de outra doença, como por exemplo, a diabetes e a depressão. Nesses casos, o tratamento deve partir do controle da doença para diminuir o zumbido.

 

Por isso, é preciso primeiro identificar a causa do problema. Nesse momento, é comum que o médico recomende ao paciente que ele passe a prestar atenção nas situações em que o zumbido no ouvido aumenta.

 

Em alguns casos, o aumento no consumo de cafeína ou o uso de fones de ouvido, por exemplo, pode fazer com que o zumbido no ouvido aumente.

 

Se mesmo assim, a raiz do problema não for identificada, pode-se dizer que o zumbido no ouvido do paciente não tem cura. Mas é possível amenizá-lo até mesmo nesses casos, com um tratamento paliativo que pode incluir a prescrição de alguns medicamentos como ansiolíticos e anticonvulsionantes.

 

Muitos profissionais também recomendam o Programa de Restauração Auditiva para tratar o zumbido no ouvido.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Sayure Santos disse:

    Fiquei Apaixonada pelo seu post, Vou acompanhar seu Blog que é Top. Esse tipo de conteudo tem me agregado muito conhecimento. Grata!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.