Quantos tipos de sal há na culinária?

Quantos tipos de sal há na culinária?

Principais Tipos de sal existentes na culinária

De conservante a tempero, o sal acompanha a humanidade há muitas décadas. Ele é o único mineral que podemos comer diretamente da forma que vem extraído da natureza.

Seus benefícios são imensos, pois além de dar um toque especial em qualquer prato, ainda pode ajudar numa saúde de ferro. Mas se consumido em grandes porções, pode fazer muito mal também.

Hoje em dia existem vários tipos de sal na culinária. Alguns estão entre os mais usados e outros nem se quer já foram ouvidos falar. Neste artigo, eu vou te mostrar os tipos mais tradicionais que você usa na sua casa, além daqueles bem mais exóticos. Veja:

Tipos de sal

Existem diversos tipos de sal existentes na culinária, o mais conhecido e utilizado há muitas décadas é o sal marinho, mas também tem muitos outros que possuem até mesmo cores bem diferentes e sabores, confira:

Sal Marinho: o sal marinho assim como o próprio nome já sugere é obtido por meio do mar. Ele contém vários minerais como o cloreto de sódio, cálcio, potássio, magnésio e também enxofre.

O sal marinho está entre o tempero mais utilizado na culinária. Todo mundo tem em casa e acrescenta algumas porções na comida todos os dias.

Sal Grosso

Produto não refinado apresentado na forma que sai da salina. Em culinária, é usado em churrasco, assados de forno e peixes curtidos. Possui 40% de sódio e 60% de cloro.

Mas lembrando sempre que o consumo em excesso de sal por fazer mal a saúde, para se ter uma ideia em 1g de sal marinho existem exatamente 420mg de sódio.

Sal Verde

Uma ótima opção para aumentar o número de nutrientes do cardápio e diminuir a ingestão de sal. Misture em três partes iguais o sal marinho com pelo menos dois tipos de ervas e triture tudo no liquidificador.

Sal rosa do Himalaia: O sal rosa do Himalaia tem uma cor rosa e possui menos sódio do que o marinho. Ele é encontrado nos mares do Himalaia, mas pouca gente conhece.

Por ser também muito rico em minerais como cálcio, magnésio, potássio, ferro e cobre é que ele recebe uma cor mais rosada. No sabor, ele tem um toque metálico e mais suave.

É perfeito para temperar carnes, aves, peixes e ainda saladas e legumes. Além de dar um toque na decoração dos pratos, já que possui uma aparência bem diferente dos demais.

Em 1g de sal rosa do Himalaia é possível encontrar 230mg de sódio.

Sal negro indiano ou kala namak: Isso mesmo, assim como seu nome já diz, este sal tem a cor negra. Bem estranho para quem está mais do que acostumado em temperar a comida com sal branco.

Seu cheiro ainda também é bem diferente. Possui fragrância de gemas de ovos. Ele é muito conhecido na Índia e utilizado nos pratos típicos indianos.

Sua origem é vulcânica e também é muito composto por enxofre, o que explica a sua tonalidade bem mais escura do que os comuns.

Em 1g desse sal é possível encontrar 380mg de sódio.

Sal em excesso faz mal?

O sal pode ser um grande amigo da sua saúde, mas também um inimigo se consumido em excesso.

Ele faz bem para a boa irrigação do sangue, auxilia na estabilidade da pressão arterial, porém, somente quando consumido na quantidade certa.

Já em porções abusivas pode aumentar demais a pressão, colesterol e entre outros problemas de saúde.

O ideal é de uma até duas pitadas na comida.

Sal do Havai: Nesta região o sal é rosado, rico em ferro, mantém o sabor ferroso de forma suave  e vai bem com molhos, saladas e vegetais,mais cuidado a quantidade de sódio existente nesse sal é muito alta e deve ser consumida com moderação;sal-rosa-png

Flor de Sal: Considerado a  nobreza do sal, é formado nas superficies das salinas e, devido á ação do vento, adquire o aspecto de pequenos cristais.Apesar de ser produzidos em diversos locais, o mais famoso é o da região Guerande, norte da França,é usado na finalização de pratos e doces, isso mesmo, os doces mais sofisticados é finalizado com flor-de-sal;Diferente dos sais comuns a flor de sal não deve ser utilizada durante o preparo dos alimentos e nem deve ir ao fogo, ela serve apenas para realçar ainda mais o alimento e não dar sabor a eles.

Sais saborizados

Não posso terminar o artigo sem falar deles,na maioria das vezes esse tipo de sal é usado para dar sabor a caldos e molhos, e no supermercado fica na pratileira dos gourmet; Tem uma infinidade de sabores,vou falar apenas de alguns;

Aipo- é basicamente o sal de mesa misturado com grãos de aipo secos e moídos;

Gengibre-cubra a superfície de uma forma com sal, corte os gengibres em lâminas bem fininhas e acomode-as em cima do sal,este vai dessecar o gengibre enquanto extrai o sabor, deixe por umas 24 (horas)ou até que você perceba que as lâminas estão secas, depois é só guardar em uma embalagem transparente e fechada;

Sal de Alho-Repita o mesmo processo utilizado no gengibre,dessa vez usando as lâminas de alho;

Receita para os dois últimos sal

•600 gramas de sal grosso

•100 gr de gengibre

•4 dentes de alho.

Se você gostou desse artigo deixe um comentário e compartilhe com suas redes sociais,bjo até o próximo artigo

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.